Um homem e uma mulher em primeiro plano, ela olhando pra ele, e uma mesa com um quadro em segundo plano

Casal de cadeirantes mostra seu dia a dia de forma bem humorada

05/02/2016 Deficiência Motora, Depoimentos, Histórias de vida, Notícias 1
0 Flares 0 Flares ×
Duas fotos divididas ao meio. À esquerda, uma jovem e um rapaz pulam de paraquedas; à direita, dois rapazes fazem o mesmo

Casal Fernanda e Felipe pulam de paraquedas, uma das muitas atividades que fazem juntos

O casal Fernanda Fontenele, 29 anos, e Felipe Costa, 28 anos, leva uma vida normal em São Paulo. Eles têm três cachorros, administram uma clinica de recuperação neuromotora e gostam de viajar. Nada fora do comum até então. A não ser pelo detalhe de serem cadeirantes.

“Sempre que contamos para as pessoas que moramos sozinhos, somos independentes, viajamos, fazemos as rotinas de casa, etc, elas sempre nos olham com aquele espanto de ‘mais como eles fazem isso?'”, conta Felipe.

Para mostrar que a vida sobre rodas é possível e divertida, eles criaram um canal “Fes sobre Rodas”, no YouTube, em que compartilham vídeos com dicas, curiosidades do dia a dia e informações sobre viagens para pessoas que estão na mesma situação.

Há dois meses no ar, eles já produziram 14 vídeos em que mostram como é fazer cruzeiro acessível pela Jamaica e Haiti, como é viajar com os cachorros, entre outros assuntos.

Cadeirantes

Fernanda e Felipe ficaram cadeirantes após sofrerem acidentes de carros.

A brasiliense Fernanda sofre uma lesão medular em nível C6/C7 que a deixou tetraplégica aos 16 anos após um acidente em 2003. Já o paulistano Felipe foi diagnosticado paraplégico em 2008, aos 21 anos, depois de capotar o carro. Ele teve uma lesão medular em nível L1.

Os dois conheceram durante tratamento em uma renomada clínica de reabilitação na Califórnia (EUA), que já fez deficientes voltarem a andar, a Projectc Walk.

Após muita fisioterapia, Fernanda já movimenta os braços normalmente. Já Felipe consegue se sustentar em pé.

Em 2010 eles abriram a Acreditando (clique aqui), um centro de recuperação neuromotora pioneiro no Brasil baseada no Método Dardzinski, desenvolvido no instituto Project Walk com o objetivo de fazer com que pacientes com lesão medular possam voltar a andar.

As aventuras de Fernando e Felipe podem ser acompanhadas pelo Youtube (clique aqui), Facebook (acesse aqui) e Instagram (acesse aqui).

* Matéria retirada do blog Quem Inova

Receba um e-mail com atualizações!

Assine e receba, gratuitamente, nossas atualizações por e-mail.

Eu concordo em informar meu e-mail para MailChimp ( more information )

Nós jamais forneceremos seu e-mail a ninguém. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Compartilhe:

1 Comentário

  1. betecarvalho 22/05/2016 Responder

    Adorei a história linda de vocês deus abençoe o amor de vocês…. superação é a palavra para a história linda de vocês … casal fés… bjs linnnnndoooooossssss!!!!!!!!

Deixe o seu comentário!