Três fotos verticais unidas de dois garotos. À esquerda, um garoto de braços elevados empurra um carrinho com o outro sentado nele; ao centro, um deles nadando e puxando uma boia com o segundo deitado nela; à direita, um dos garotos pedala uma bicicleta e puxa um carrinho com o segundo garoto sentado nele

Irmãos Conner e Cayden Long se tornam referência em competições de triatlo

11/02/2016 Deficiência Intelectual, Histórias de vida, Notícias 0
0 Flares 0 Flares ×
Capa de revista com duas crianças, uma na cadeira de rodas e outro em pé, atrás dele

Capa da revista Sports Illustrated Kids de 2012

E se alguém que você ama não puder praticar esportes? Ele ou ela não poderia saber qual a sensação de pegar uma bola alta (no beisebol), ver uma bola na rede de futebol ou cruzar uma linha de chegada.

Conner Long tem nove anos de idade (hoje, ele tem doze). Seu irmão mais novo, Cayden, tem sete anos (hoje, tem dez anos). Mas, Cayden não pode fazer várias coisas que seu irmão mais velho pode. Quando Cayden tinha quatro meses de vida, ele foi diagnosticado com paralisia cerebral hipertônica, que não o permite andar ou falar sem ajuda. A prática de esportes é uma excelente forma de criar uma ligação fraterna, mas parecia fora de cogitação para a família Long – até que Conner teve uma ideia.

Um ano e meio atrás, ele e Cayden começaram a participar de triatlo juntos. Conner nada enquanto puxa Cayden em um bote inflável, pedala rebocando seu irmãozinho atrás de si e o empurra no carrinho quando eles correm. Ao longo desses últimos 18 meses, a dupla de White House, Tennessee, viajou pra cima e pra baixo na costa leste dos EUA para participar de competições. A visão dos irmãos trabalhando juntos tem inspirado espectadores e o laço entre Conner e Cayden está mais forte do que nunca. A determinação e vitalidade espantosas dos irmãos Long é a razão deles terem sido escolhidos as crianças desportistas do ano 2012 da revista Sports Illustrated Kids.

Um plano simples

Era primavera de 2011 e a mãe de Conner e Cayden, Jenny, estava folheando um exemplar da revista Sumner Parent. Quando Conner olhou por cima dos ombros de sua mãe, uma propaganda chamou sua atenção. Era sobre um evento para crianças que incluía natação, ciclismo e corrida: o triatlo de Nashville para crianças. Conner perguntou a sua mãe se ele poderia participar. E então ele perguntou se Cayden poderia participar também. “Você nunca quer dizer não aos seus filhos”, lembra Jenny, “mas”…

Conner insistiu e os Longs decidiram que eles iriam encontrar uma forma disso acontecer. Conversaram com organizadores de competições e procuraram Mandy Gildersleeve, uma treinadora de triatlo juvenil da Flórida, que os ajudou a encontrar o equipamento necessário para a competição.

Dois garotos em um sofá marrom. Um deles, à esquerda, está com o braço no ombro do outro e beijando sua bochecha

A relação de Conner (à esq) e Cayden se tornou muito mais estreita e íntima após as competições

Na primeira competição juntos, em Junho de 2011, começaram com 100 jardas (aproximadamente 91 metros) de natação. (A parte da natação foi a favorita de Cayden, já que ele gargalhou e sorriu por todo percurso). Gildersleeve carregou Cayden do bote inflável para o reboque para o percurso íngreme de 3 milhas (4,8 km) de ciclismo. Nessa competição, Conner deveria pedalar sozinho enquanto Gildersleeve iria em sua bicicleta ao lado dele, rebocando Cayden. Conner não gostou nem um pouco desse arranjo. Durante o trajeto, ele ficou pedindo a Gildersleeve para deixar que Cayden fosse com ele. Finalmente, após subir a última parte íngreme, o reboque com Cayden foi acoplado à bicicleta de Conner. “E ele se mandou”, lembra Gildersleeve.

Em seguida, veio a corrida de 0,5 milha (0,8 km) e, após um total de 43 minutos e 10 segundos, os irmãos Long cruzaram a linha de chegada, com Cayden sorrindo no reboque e Conner triunfalmente dando socos no ar. “Aquele foi meu momento favorito”, diz Conner. “Porque eu sabia que nós poderíamos terminar aquela competição”.

Irrefreável

Desde então, Conner e Cayden participaram de um total de 14 competições, de triatlos a corridas amigáveis. Agora, quando eles participam de competições, são celebridades. As pessoas pedem para tirar fotos com eles ou simplesmente param para dizer-lhes o quanto são inspiradores. Sua página do Facebook (acesse aqui) é cheia de mensagens encorajadoras de desconhecidos, alguns deles pais de crianças com necessidades especiais.

Muitos enxergam Conner como um herói, mas ele não entende esse entusiasmo. Para ele, essas competições são apenas uma chance para que ele e seu irmãozinho se divirtam. “Quando saímos para a primeira competição dessa temporada”, disse Conner, “Cayden tinha um olhar de quem diz ‘estou tão feliz de estar de volta aqui, não acredito que tivemos que esperar tanto'”!

Pista de competições. Um homem de blusa preta e boné segura no colo um garotinho mordendo uma medalha. Do outro lado, também segurando o garoto, uma mulher loira, sorrindo. Ao lado do homem, no chão, um segundo garoto, mostrando orgulhoso sua medalha

Conner (de azul) e Cayden comemoram com seus pais, Jeff e Jenny Long

E Cayden definitivamente se diverte. Ele sorri e dá risadinhas durante toda a competição. Ele até se tornou um pouco traquina. “Uma vez, estávamos aquecendo para uma competição e Cayden estava muito interessado em um carro de cor viva do outro lado da rua”, diz Gildersleeve. “Ele começou a ir em sua cadeira de rodas na direção do carro, então eu falei ‘Cayden, por favor pare’. Ao invés disso, ele começou a ir mais rápido. Eu pensei que iria ter um enfarto! Antes de chegar ao meio-fio, ele parou sua cadeira. Virou e me olhou com um sorriso enorme e começou a gargalhar. Ele sabia exatamente o que estava fazendo”, contou.

Mesmo que não percebam, os irmãos Long são uma inspiração para os outros. Muitas pessoas teriam olhado para Cayden e considerado que ele nunca seria capaz de participar de uma competição. Assim, quando os irmãos Long terminam uma competição de triatlo, é um lembrete de que crianças com necessidades especiais podem participar de muitas das mesmas atividades que outras crianças participam diariamente. Com relação ao futuro, os irmãos Long não têm planos de parar de competir. A família está tentando montar uma organização sem fins lucrativos para inspirar mais pessoas, ajudar os Longs a viajar para competir e, à medida que Cayden cresce e fica mais pesado, atualizar os equipamentos deles.

O objetivo final de Conner é algum dia poder participar com Cayden in Kona, Havaí, do campeonato mundial “Ironman”. Kona é onde os melhores do mundo competem. É uma competição esgotante, com uma parte de 2,4 milhas (3,9 km) de natação em águas abertas, uma parte com 112 milhas (180 km) de ciclismo e uma última parte de 26,2 milhas (42 km) de maratona. Até agora, ninguém conseguiu terminar a competição em menos de oito horas.

Quando eles tiverem idade para competir em Kona, Cayden será um adulto. Seria possível? Claro. Exigirá anos de trabalho duro e sacrifício. Mas, cada um dos irmãos Long tem uma boa razão para trabalhar em prol desse sonho: um ao outro.

* Esta matéria foi, originalmente, publicada pela Revista Sports Illustrated Kids, em 2012, em inglês (leia aqui). A tradução para o português foi feita pelo casal Hilma e Igor Vasconcelos, a quem Sem Barreiras agradece imensamente.

Receba um e-mail com atualizações!

Assine e receba, gratuitamente, nossas atualizações por e-mail.

Eu concordo em informar meu e-mail para MailChimp ( more information )

Nós jamais forneceremos seu e-mail a ninguém. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Compartilhe:

Sem nenhum comentário

Deixe o seu comentário!