Quatro pessoas sentadas em um sofá, sendo o pai com uma garotinha no colo, e a mãe com um garotinho e uma gata no seu colo

Conheça a amizade entre uma menina amputada e sua gatinha de três patas

29/03/2016 Deficiência Motora, Histórias de vida, Notícias 0
0 Flares 0 Flares ×
Garotinha com o braço esquerdo amputado brincando no chão com uma gatinha que tem apenas três patas

Scarlette Tipton perdeu o braço por causa de um Câncer e convive com a gata desde 2015

Nenhuma criança esquece seu primeiro bichinho de estimação, mas, para Scarlette Tipton, de apenas dois anos, o laço que ela formou com a gatinha Doc é incomumente estreito. Tragicamente, os dois tiveram um membro amputado quando bem jovens, mas agora estão aprendendo a conviver com suas condições, juntos. Scarlette foi diagnosticada com Lipofibromatosis (crescimento anormal de tecido adiposo, benigno) e um tipo extremamente raro de sarcoma (tumor) chamado Undifferentiated Spindle Cell Sarcoma (Indiferenciado Sarcoma de células fusiformes, em tradução livre do blog), o que fez seu braço esquerdo crescer três vezes mais que o direito.

Scarlette foi forçada a amputar seu braço esquerdo, na altura do ombro, quando tinha apenas dez meses, em outubro de 2014. Ao mesmo tempo, Doc, um gatinho resgatado, precisou amputar sua patinha frontal direita após ser atropelado por um carro em que ele dormia logo abaixo. Descoberta por Edith Rios, nora de Kelley Gonzalez, a gatinha de três meses de vida foi levada para o Campus Animal de San Jacinto Valley, na Califórnia, em dezembro de 2015. Ao ficar sabendo da sobrevivência miraculosa da gata, a família Tipton a visitou no abrigo na véspera de Natal e a adotou, oficialmente.

“Quando estávamos brincando com a gata no chão, Scarlette percebeu que havia grampos na lateral da gata e tubos de drenagem, as mesmas coisas com as quais ela precisou lidar após sua amputação”, contou Simone, sua mãe, ao programa Good Morning America. “Ela apontou e disse ‘ei, a gatinha está machucada’ e, então apontou para seu lado esquerdo, o local da sua amputação”, completou. “Ela só tem dois anos, mas eu acho que ela entendeu de verdade e percebeu que a gata era como ela”, finalizou Simone.

A gata foi batizada, inicialmente, de Holly, pelo abrigo de animais, mas vem sendo chamada de Doc pela família em virtude do personagem de desenho animado favorito de Scarlette, Doc McStuffins, do canal Nickelodeon. O personagem cuida de brinquedos e animais de pelúcia em uma clínica no seu jardim. Enquanto ainda está se adaptando à vida sem o braço esquerdo, Scarlette foi comunicada estar totalmente livre do câncer e sua família conta que ela aprendeu a se levantar, pular e correr sozinha, sem ajuda de fisioterapia.

Na página oficial de Scarlette do facebook (acesse aqui), sua família escreveu: “Nós estamos completamente apaixonados! Doc dormiu entre meu marido e eu, noite passada, e, constantemente, está em nosso peito e nosso rosto. Ela é adorável. É extremamente ativa e ama brincar. Estamos bastante animados com essa jornada”.

* Matéria traduzida por Sem Barreiras do site Daily Mail (acesse aqui)

Receba um e-mail com atualizações!

Assine e receba, gratuitamente, nossas atualizações por e-mail.

Eu concordo em informar meu e-mail para MailChimp ( more information )

Nós jamais forneceremos seu e-mail a ninguém. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Compartilhe:

Sem nenhum comentário

Deixe o seu comentário!