Brincadeiras para crianças autistas

27/08/2017 Deficiência Mental, Fernanda Cavalieri, Notícias 0
0 Flares 0 Flares ×

Hoje, vamos falar de brinquedos e brincadeiras, que são essenciais para o desenvolvimento das crianças (autistas ou não).

Eu adoro comprar brinquedos, jogos, inventar coisas. Mas, às vezes, me frustro quando percebo que meus filhos preferem as embalagens ou não compreendem o uso funcional de cada brinquedo (quem nunca?). Porém, quem convive com o TEA precisa aprender que a palavra ‘desistir’ não faz parte do vocabulário.

Através da brincadeira, podemos desenvolver habilidades como a comunicação, a interação, o contato visual, a coordenação motora e, consequentemente, o aprendizado.

O mercado está cheio de opções, mas temos sempre que pensar no interesse da criança e no seu nível de desenvolvimento.

E como dinheiro não nasce em árvore e muitas vezes os brinquedos não duram uma semana lá em casa, podemos brincar usando nossa imaginação, criatividade e até nosso próprio corpo.

Vamos para as sugestões de brincadeiras “baratas”:

Batata quente; adoleta; soco-soco-bate-bate; estátua; cabaninha (usando lençol);

Brincadeiras sensoriais: bola de sabão; massinha (dá pra fazer em casa. Aqui tem receita;

Balão de encher; espuma de sabão ou xampu na hora do banho; luvas; esponjas, escovas;

Brincadeiras tradicionais: bambolês; boliche (pode ser confeccionado com sucata); bolas; quebra-cabeça e jogo da memória (pode fazer personalizado com fotos da família e amigos).

Durante a brincadeira, buque sempre compartilhar o olhar e elogiar o desempenho de sua criança.

Sugestões de temas, enviar para: fernandacavalieri@gmail.com
Conheça a Associação Fortaleza Azul – FAZ: facebook.com/fazbrasilinstagram.com/fortalezaazul

Compartilhe:

Sem nenhum comentário

Deixe o seu comentário!