Pai e filha dançam em um quarto de hospital, com vários bichinhos de pelúcia em cima da cama. O pai veste um terno preto bastante elegante e a filha, em seu colo, usa um vestido amarelo de princesa.

Pai se veste de príncipe para dançar com filha com doença fatal

14/09/2018 Histórias de vida, Notícias 0
0 Flares 0 Flares ×
Garotinha de dois anos, em uma cama de hospital, cercada de aparelhos e máquinas, sorri com o dedinho polegar da mão direita na boca.

Phoenix Thompson sofre com um tipo muito agressivo de câncer chamado leucemia mielóide aguda.

Phoenix, uma linda menininha de 2 anos, foi diagnosticada com um tipo muito agressivo de câncer chamado leucemia mielóide aguda. Sua medula faz as células sanguíneas doentes e em pouca quantidade. Depois que ela foi diagnosticada, os médicos tiveram que agir rápido.

Phoenix teve que passar por quatro sessões de quimioterapia, seguida por outras quatro rodadas de quimioterapia em um período de cinco meses, de acordo com sua página GoFundMe, aqui. Seu tratamento se iniciou em 4 de agosto e a quimioterapia que ela está fazendo é bem potente porque o tipo de câncer que ela tem se espalha muito rapidamente.

O pai de Phoenix, Brett Thompson, sua madrasta, Christina Thompson, e sua mãe biológica, Whitney, estão dividindo turnos no hospital para que Phoenix nunca tenha que ficar sozinha. Depois de uma semana assistindo a sua filha suportar o duro tratamento, seu pai teve uma ideia para tentar animar Phoenix.

Após o último dia da primeira rodada de quimioterapia, ele trouxe uma surpresa: uma enfermeira entregou um vestido de princesa no quarto de Phoenix, dizendo que um “voluntário” havia deixado para ela poder ir a um baile real.

Foi então que Phoenix foi saudada por um homem alto e elegante de terno. Seu pai, vestido com roupas formais, tinha preparado para ela uma visita surpresa. Foi, claro, Brett Thompson quem deixou a fantasia de princesa. Ele queria encontrar alguma maneira de fazer sua filha saber o quão especial ela era para seus pais e dar-lhe algo para tirar sua mente de sua doença, mesmo que apenas por um tempo (veja o vídeo aqui).

Brett Thompson e sua esposa Christina obtiveram a tutela legal de Phoenix quando ela tinha apenas 7 semanas de idade. A mãe biológica de Phoenix, Whitney, era amiga de Christina. Quando Christina descobriu, há dois anos e meio, que Whitney era usuária de drogas e estava grávida, ela e o marido decidiram que, apesar de terem quatro filhos, precisavam ajudar.

Whitney está em recuperação, saindo das drogas. Ela continua sendo parte da vida de sua filha biológica. Phoenix está, sem dúvida, satisfeita com a primeira rodada de quimioterapia – mas, ela ainda enfrentará mais quatro sessões pelos próximos cinco meses.

Amigos e familiares criaram uma página do GoFundMe mais a página do Facebook Phoenix’s Fight. Eles organizam eventos de angariação de fundos para ajudar a atender às despesas desse tratamento tão doloroso, tão necessário e tão caro. Bret e Christina precisam de todo o apoio que conseguirem. A meta é alcançar US$ 30 mil, pouco mais de R$ 120 mil, para auxiliar na cobertura dos custos do tratamento da filha. Ainda faltam 4 mil dólares.

* Matéria do site Crianças Especiais, aqui.

Compartilhe:

Sem nenhum comentário

Deixe o seu comentário!