Imagem horizontal da capa de um livro com uma mulher de braços abertos em uma cadeira de rodas no centro, o nome Manual da Mulher com Deficiência acima da foto dela e o nome Autor: Território Deficiente na parte de baixo. Por trás da capa do livro, três faixas horizontais. Ao centro, uma faixa roxo escuro e acima e embaixo, roxo mais claro meio desfocado.

Manual discute a temática da mulher com deficiência

02/06/2019 Notícias 0
0 Flares 0 Flares ×

Sem Barreiras firmou parceria com o blog Território Deficiente, aqui, para a divulgação e venda do Manual da Mulher com Deficiência, um ebook focado nos assuntos que envolvem o cotidiano das mulheres com deficiência. São dez artigos, com 50 páginas, que abordam a capacidade, a retomada de decisões pessoais e incentivo para que consigam ocupar o seu devido lugar na sociedade. O livro contém artigos de Patrícia Lorete, formada em Gestão de Recursos Humanos e pós-graduada em Saúde Mental e Atenção Psicossocial, tem Atrofia Muscular Espinhal (AME) Tipo II e é criadora do blog Janela da Patty, aqui; Dayana Beatriz, que tem Distrofia Muscular Congênita, é estudante de marketing digital e criadora do grupo do facebook Minha Cadeira, Minha Cúmplice, aqui; Damião Marcos, que tem deficiência por sequela de poliomielite, síndrome pós polio e deficiência visual monocular, é psicólogo de formação, militante da causa da pessoa com deficiência e colaborador do blog Território Deficiente; e Carolina Câmara, que tem paralisia cerebral, é formada em psicologia com especialização em Semiótica Psicanalítica, na COGEAE (PUC/SP). O livro custa R$ 12,70 e pode ser adquirido pelo link: https://go.hotmart.com/H13887812R. Sem Barreiras receberá R$ 5,22 por cada livro vendido a partir desse link.

Desde sempre, a mulher com deficiência é vista por boa parte da sociedade e, até por algumas delas mesmas, como pessoas incapazes, imperfeitas, indesejadas, feias e sem capacidade de atração sexual. Vale lembrar que a mulher, com ou sem deficiência, sempre sofreu uma pressão exorbitante para conquistar seu espaço na sociedade, no mercado de trabalho e para garantir o respeito e igualdade em relação aos homens. Especialmente no Brasil, vemos demonstrações de machismo e misoginia afetando a autoestima e a identidade da mulher, além de um profundo desrespeito profissional, medido pela média salarial bem abaixo da dos homens e pela ausência de mulheres em postos chave da sociedade. O blog Território Deficiente, autor da iniciativa do ebook, detectou diversos textos na internet abordando essa temática, mas de forma resumida e de pouca qualidade. Muitos desses textos são escritos por pessoas sem deficiência, o que prejudica seu entendimento dos problemas e deixa seus escritos com pouca ou nenhuma propriedade. Assim, nasceu o Manual da Mulher com Deficiência.

O material apresenta as principais dores e sofrimentos dessas mulheres, bem como traz um caminho alternativo e paliativo para que elas possam seguir em frente. “A mulher com deficiência é bela, capaz, e desejada sim!” De posse desse e-book, você estará revestida de empoderamento e passará a ver a sua vida sob novas perspectivas. “Um horizonte se abrirá e temos certeza de que depois desse material a sua vida não será mais a mesma!!!” O primeiro texto aborda o autopreconceito, um sentimento muito comum entre as pessoas com deficiência, naturalmente exiladas do convívio social e, muitas vezes, familiar. A mulher passa a se sentir inferior e percebe a deficiência como a causa dos seus males. O segundo artigo trata das opções profissionais da mulher com deficiência e fala do trabalho em casa como opção. O trabalho de Home Office traz algumas dificuldades, como o isolamento e a necessidade da pessoa cobrir a função que seria de muitas outras. Contudo, traz também liberdade de escolha e afasta o risco da discriminação. O terceiro texto fala da internet e sua importância. Com ela, pode-se trabalhar, estudar, comprar, vender, reencontrar amigos de infância ou da época da escola, fazer amizades com pessoas que moram do outro lado do mundo, namorar à distância e até praticar sexo virtual. No entanto, a internet também “incentiva” a solidão e priva a pessoa do contato humano. O vitimismo é o tema do quarto artigo. O assunto é abordado no sentido de estimular a mulher a evitá-lo a todo custo, não deixá-lo ser um obstáculo para sua felicidade.

A sexualidade também está no Manual. Um tabu bastante recorrente em nossa sociedade, as mulheres com deficiência (e os homens também) são vistos como seres assexuados e incapazes de sentir ou dar prazer ao seu parceiro. Enfrentam dificuldades em namorar, em atrair a pessoa e se sentir atraente. O texto ajuda a desmistificar essa ideia, mostrando que a mulher com deficiência pode ser bonita, atraente e ativa sexualmente. Na esteira desse tema, tem-se o artigo sobre casamento. Sonho de uma grande parcela das mulheres, o casamento se torna um sonho quase impossível, mas não deveria. O texto fala em inclusão a partir de uma abordagem mais ampla, não se restringindo a rampas, elevadores, pisos táteis, etc, mas também à vida sexual e casamento das mulheres, se assim o desejarem. Saúde, bem-estar, estereótipos, padrão de beleza, maternidade e mitos sobre a mulher com deficiência são outros assuntos abordados no Manual. De acordo com os organizadores da obra, “esse manual será um divisor de águas na vida das mulheres com deficiência que fizerem uso desse ebook”. Adquira o Manual e reflita sobre os pontos levantados nele. Acesse https://go.hotmart.com/H13887812R e compre o seu. Veja o vídeo da campanha aqui.

Receba um e-mail com atualizações!

Assine e receba, gratuitamente, nossas atualizações por e-mail.

Eu concordo em informar meu e-mail para MailChimp ( more information )

Nós jamais forneceremos seu e-mail a ninguém. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

Compartilhe:

Sem nenhum comentário

Deixe o seu comentário!